segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

25 a 28 de Janeiro de 2008

Bwin Liga
(17ª Jornada)

Vitória de Guimarães Vs
Glorioso Benfica – 1;3

SLB!!! SLB!!! SLB, SLB, SLB!!!
GLORIOSO SLB!!! GLORIOSO SLB!!!

A 26 de Janeiro, no Estádio D. Afonso Henriques, o Glorioso Benfica bateu com justiça o meu Vitória de Guimarães e segurou o segundo lugar da classificação / Na Cidade Berço, e perante quase vinte e seis mil espectadores, o Glorioso e o Vitória protagonizaram um excelente espectáculo, que teve duas partes bem distintas / Após o péssimo empate caseiro com o Leixões o treinador José António Camacho pediu atitude aos seus jogadores e foi exactamente isso que aconteceu / Mesmo perante algumas adversidades, como a ausência por lesão de Léo e a saída prematura de David Luiz, os jogadores do Glorioso deram uma óptima resposta / O Glorioso começou muito pressionante, impedindo o Vitória de desenvolver o seu habitual futebol / É verdade que o tento madrugador de Cardozo, na superior cobrança de um livre directo, facilitou as coisas e deu muita confiança à equipa, mas todo o primeiro tempo do Glorioso foi muito bom / Ao minuto vinte e seis o irrequieto Di Maria aproveitou uma falha completamente infantil do lateral Andrezinho e ofereceu o golo de bandeja a Maxi Pereira / Nos primeiros quarenta e cinco minutos o Vitória não teve espaços para chegar à baliza adversária e o único lance de algum perigo surgiu de um remate de Fajardo, que obrigou Quim a uma defesa apertada / No arranque da segunda parte o técnico Manuel Cajuda trocou os médios João Alves e Fajardo pelos rápidos Carlitos e Ghilas e o jogo mudou radicalmente / O Vitória passou a dominar, empurrou o Glorioso para perto da sua baliza e as oportunidades de golo começaram a aparecer / À passagem da hora de jogo um livre de Desmarets e um mau alívio de Luís Filipe permitiram a Ghilas reduzir a desvantagem do Vitória / Com a sua equipa no completo controlo da partida Manuel Cajuda arriscou, tirou o lateral esquerdo para pôr em campo o avançado Roberto, mas esta alteração não correu bem / Pouco depois de entrar Roberto ainda cabeceou com perigo, mas essa foi a última ocasião de perigo do Vitória / A partir daí o Glorioso voltou a estar melhor, e já em período de descontos um erro incrível do guarda redes Nilson permitiu o bis do ponta de lança Cardozo / E o avançado Paraguaio foi, sem dúvida, o melhor em campo, não só pelos dois golos que marcou, mas também porque sozinho conseguiu dar muito trabalho à boa dupla de centrais do Vitória / O guarda redes Quim, os médios Petit, Katsouranis e Maxi Pereira e o extremo Di Maria estiveram também em grande evidência / Pelo Vitória destaco pela positiva as boas actuações dos centrais Sereno e Geromel, dos médios Flávio Meireles e Desmarets e dos atacantes Alan, Carlitos e Ghilas, e pela negativa as falhas comprometedoras de Andrezinho e Nilson, que “só” ofereceram dois golos ao adversário!!!

Golos: 0-1: A poucos metros da área Cardozo (8 min) aponta um livre directo com o seu pé esquerdo e a bola entra com um míssil teleguiado na malha lateral esquerda da baliza de Nilson / Foi um golão / 0-2: Para ganhar um pontapé de baliza Andrezinho tenta proteger com o corpo uma bola junto à linha de fundo, como uma enguia Di Maria tira-lhe a bola avança alguns metros e faz a assistência para Maxi Pereira (26 min), ao segundo poste, marcar sem dificuldade / 1-2: Desmarets cobra um livre lateral do lado direito, Luís Filipe toca de cabeça para trás e Ghilas (60 min) aproveita o brinde para cabecear para o fundo das redes de Quim / 1-3: Nuno Gomes tenta lançar Adu, Nilson sai a despropósito da baliza, alivia a bola contra Cardozo (92 min) e o Paraguaio atira para a baliza deserta!!!

João “Boi Preto” Ferreira esteve longe de estar perfeito e não pode levar nota positiva / A registar: No lance que dá origem ao primeiro golo do jogo é muito duvidoso que haja falta de João Alves sobre Rui Costa (7 min) / Foi mal assinalado um fora de jogo a Cardozo, que ficou isolado após passe de Di Maria (29 min) / Rui Costa avança em velocidade para a área do Vitória e é carregado à entrada da meia lua por Geromel (33 min) / Em vez de falta e amarelo ao central do Vitória o “Boi Preto” conseguiu mostar amarelo por simulação a Rui Costa / Um absurdo / Sereno corta uma jogada de ataque do Glorioso com um atraso para Nilson, que agarra a bola (40 min) / Ficou por assinalar um livre indirecto dentro da área a favor do Glorioso / O golo do Vitória foi duplamente contestado pelo Glorioso, mas sem razão: Nélson faz mesmo falta sobre Carlitos (59 min) / Ghilas está em posição regular quando o livre é marcado e depois aproveita uma bola vinda da cabeça de Luís Filipe (60 min) / Nilson pediu mão de Cardozo quando faz a bacorada que decide de vez o jogo (92 min) / O ponta de lança do Glorioso domina a bola com o peito, logo o terceiro golo do Glorioso é perfeitamente regular!!!

VIVA O BENFICA!!!

Clube da Churrasqueira do Campo Grande Vs
Porco – 2;0

A 27 de Janeiro, no Estádio Alvalade XXI, o Clube da Churrasqueira do Campo Grande ganhou com muita, muita, muita felicidade ao Porco e conseguiu o objectivo de não perder pontos na luta pelo segundo lugar, isto porque toda a gente sabe que o título vai novamente ser festejado no Porcão / Num encontro em que os Porquistas podiam ter goleado o triunfo acabou por sorrir aos Churrasqueiros / Ao contrário do que a crítica escreveu eu acho que a formação Churrasqueira não defendeu bem, nunca esteve por cima do jogo e só conseguiu vencer graças a um frango do guarda redes adversário e a um erro de um “Boi Preto” assistente / O Porco deu baile, criou oportunidades para marcar umas atrás das outras, mas na finalização foi um autêntico desastre / A equipa Porquista iniciou a partida a todo o vapor e com poucos segundos de jogo Porquinho Lucho já tinha perdido um golo quase feito, após um grande cruzamento de Porquinho Bosingwa / Ao minuto oito Porquinho Lisandro marcou de cabeça após um livre lateral de Porquinho Quaresma, mas o golo foi anulado, e bem, por fora de jogo do Argentino / Logo a seguir Porquinho Lisandro combinou bem com Porquinho Lucho, mas este voltou a falhar na cara de Churrasqueiro Rui Patrício / Aos treze minutos, sem terem feito nada para o justificar, os Churrasqueiros adiantaram-se no marcador: Churrasqueiro Vukcevic respondeu com um remate de primeira a um bom centro da esquerda de Churrasqueiro Izmailov e contou ainda com a preciosa colaboração de um mal batido Porquinho Helton / Três minutos depois Churrasqueiro Pereirinha cruzou para Churrasqueiro Vukcevic, em posição irregular, fazer um desvio de cabeça, que obrigou o guarda redes Porquista a uma defesa de recurso e permitiu a Churrasqueiro Izmailov atirar para as redes desertas / Até ao fim da primeira parte o Porco reagiu, voltou a controlar e esteve perto de marcar, primeiro num cabeceamento a rasar a barra de Porquinho Lisandro e depois numa recarga de Porquinho Pedro Emanuel a um livre de Porquinho Quaresma / O segundo tempo foi mais do mesmo: Domínio do Porco e golos perdidos / Porquinho Lucho desperdiçou mais dois golos feitos, Porquinho Farías viu Churrasqueiro Polga tirar-lhe um golo em cima da linha e logo a seguir o novo astro Argentino dos Porquistas cabeceou à trave e Porquinho Lisandro criou muito perigo em duas ocasiões / Nos segundos quarenta e cinco minutos os Churrasqueiros apenas tentaram defender-se das investidas do seu adversário e só conseguiram ameaçar verdadeiramente a baliza Porquista por uma vez, e já no período de descontos / No Clube da Churrasqueira o lateral direito Churrasqueiro Pereirinha, foi em minha opinião, o elemento mais inspirado, mas também merecem referência especial as boas actuações dos centrais Churrasqueiro Tonel e Churrasqueiro Polga, dos médios Churrasqueiro Miguel Veloso, Churrasqueiro João Moutinho e Churrasqueiro Izmailov, e do agora avançado Churrasqueiro Vukcevic / Os destaques positivos da formação Porquista vão para o lateral direito Porquinho Bosingwa, para os médios Porquinho Paulo Assunção e Porquinho Lucho, apesar dos quatro golos que desperdiçou, e para os avançados Porquinho Lisandro e o suplente Porquinho Farías / Pela negativa foram figuras Porquinho Helton, pelo frango que deu o primeiro golo ao adversário, e sobretudo Porquinho Quaresma, que andou mais preocupado em mostrar todas as cores de chuteiras do seu patrocinador do que em jogar à bola!!!

Golos: 1-0: Churrasqueiro Miguel Veloso abre na esquerda para Churrasqueiro Izmailov, o Russo consegue tirar Porquinho Bosingwa do caminho e assiste na área Churrasqueiro Vukcevic (13 min), que com um remate espontâneo de primeira faz a bola passar por baixo das pernas de Porquinho Helton / 2-0: Churrasqueiro Romagnoli solta na direita para Churrasqueiro Pereirinha, o jovem lateral tira um cruzamento preciso para o primeiro poste, Churrasqueiro Vukcevic toca de cabeça, Porquinho Helton faz uma defesa por instinto e na sobra Churrasqueiro Izmailov (16 min) faz a recarga certeira!!!

Carlos “Boi Preto” Xistra teve um erro grave no aspecto técnico, com possível influência no resultado, mas por culpa de um dos seus “Bois Pretos” assistentes, e duas decisões absolutamente inaceitáveis no plano disciplinar / A registar: No segundo golo do jogo o jogador Churrasqueiro Vukcevic está em fora de jogo quando Pereirinha faz o centro para a área, (16 min) / O “Boi Preto” assistente que acompanhava o ataque Churrasqueiro nada assinalou e deixou validar um golo que não devia ter contado / No seu estilo combativo Churrasqueiro Liedson corre para carregar uma bola que está nos pés de Porquinho Helton, mas chega atrasado e com um carrinho derruba com violência o guarda redes Porquista (46 min) / O avançado Churrasqueiro teve uma conduta violenta e devia ter sido expulso, mas até ao cartão amarelo escapou / No seguimento de uma falta normal cometida por Porquinho Lucho o capitão Churrasqueiro João Moutinho é pisado de forma animalesca por Porquinho Bruno Alves (62 min) / Tendo visto o lance não se percebe o cartão amarelo mostrado ao defesa Porquista / O carniceiro central Porquista devia ter sido expulso e levado pelo menos três jogos de castigo, mas como viu um cartão de outra cor vai continuar a jogar todas as semanas como se nada se tivesse passado!!!

Australian Open 2008

Entre 14 e 17 de Janeiro, disputou-se no Complexo Tenístico de Melbourne Park a edição 2008 do Australian Open, o primeiro dos quatro Grande Torneios da temporada / Na bela e glamorosa final feminina a loira Russa Maria Sharapova venceu a morena Sérvia Ana Ivanovic, juntando este triunfo aos títulos ganhos em Wimbledon, no ano de 2004, e no US Open, no ano de 2006 / No encontro decisivo do quadro masculino o consistente Sérvio Novak Djokovic bateu o exuberante Francês Jo-Wilfried Tsonga, conquistando o primeiro Grand Slam da sua ainda curta carreira!!!

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

23 de Janeiro de 2008

Carlsberg Cup
(2ª Jornada Fase Grupos)

Clube da Churrasqueira do Campo Grande Vs
Beira Mar – 3;0

A 23 de Janeiro, no Estádio Alvalade XXI, o Clube da Churrasqueira ganhou folgadamente, mas com alguma dificuldade, ao Beira Mar e alcançou os seus primeiros pontos na fase de grupos da Carlsberg Cup / Apesar da derrota em Setúbal os Churrasqueiros sabiam que tinham dois jogos em casa com as duas equipa da Liga de Honra e por isso o seu apuramento para a final da prova era à partida um dado praticamente adquirido / Com o Beira Mar a formação Churrasqueira não fez uma exibição muito vistosa, mas fez mais do que o suficiente para justificar o triunfo / O Beira Mar viajou até Lisboa com uma estratégia bastante defensiva, até conseguiu tapar a sua baliza até meados da segunda parte, mas estupidamente abdicou de tentar atacar / No início da partida os Aveirenses apareceram com apenas três defesas, e um meio campo a marcar individualmente cada um dos elementos do losango Churrasqueiro / Esta postura do seu adversário e a sua enorme lentidão de processos complicou muito a vida aos Churrasqueiros, que passaram quase todo o primeiro tempo a jogar para o lado e para trás / É claro que se Churrasqueiro Vukcevic tivesse marcado a grande oportunidade que teve logo aos nove minutos tudo teria sido diferente, mas o jogador do Montenegro atirou às malhas laterais da baliza do Beira Mar / Ao minuto trinta e seis Churrasqueiro Purovic e Churrasqueiro Liedson apareceram isolados, mas numa atitude egoísta o ponta de lança Montenegrino não passou a bola ao Brasileiro e acabou por rematar fraco para uma defesa fácil do guarda redes Luiz Almeida / Nos segundos quarenta e cinco minutos o motor do “autocarro” Aveirense foi perdendo força, começou a dar espaços e ao minuto sessenta e oito Churrasqueiro Liedson conseguiu finalmente inaugurar o marcador / O golo acabou de vez com a resistência do Beira Mar e até ao apito final os Churrasqueiros ainda fizeram mais dois golos, ambos da auditoria de Churrasqueiro Vukcevic / O lateral direito Churrasqueiro Pereirinha, os centrais Churrasqueiro Polga e Churrasqueiro Tonel, os médios Churrasqueiro João Moutinho e Churrasqueiro Vukcevic e o avançado Churrasqueiro Liedson foram, na minha opinião, os melhores da equipa Churrasqueira / Pelo Beira Mar estiveram em bom plano, mas apenas até ao primeiro golo do jogo, o guarda redes Luiz Almeida, o central Buba e os médios Fahel, Maurinho e Vasco Matos!!!

Golos: 1-0: Churrasqueiro Romagnoli faz uma bela abertura para Churrasqueiro Liedson (68 min), este desmarca-se com rapidez domina a bola e concretiza o golo com um remate cruzado rasteiro / 2-0: Churrasqueiro Vukcevic (74 min) avança pela esquerda, tabela com Churrasqueiro Izmailov e já dentro da área atira cruzado de pé direito para um frango do guardião Luiz Almeida / 3-0: No flanco direito Churrasqueiro Pereirinha cruza para a entrada da pequena área, Luiz Almeida não agarra, defende para a frente, o esférico chega aos pés de Churrasqueiro Liedson e o Brasileiro levanta-a para Churrasqueiro Vukcevic (81 min) marcar com um espectacular remate acrobático!!!

Duarte “Boi Preto” Gomes teve uma actuação segura e sem influência no resultado / A registar: Churrasqueiro Pereirinha entra na área do Beira Mar, Vasco Matos vai atrás dele para tentar disputar a bola e o jogador Churrasqueiro cai no relvado (20 min) / Para mim ficou por assinalar uma grande penalidade a favor dos Churrasqueiros, mas as opiniões dos especialistas na matéria dividiram-se bastante / Gyano tem uma entrada por trás, com alguma dureza, sobre Churrasqueiro Vukcevic (53 min) / O “Boi Preto” mostrou o amarelo ao jogador do Beira Mar, mas se o cartão tivesse sido de outra cor não era um escândalo!!!

No outro jogo desta segunda jornada o Vitória de Setúbal foi ao Estádio Municipal 25 de Abril empatar 1-1 com o Penafiel!!!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

11 a 14 de Janeiro de 2008

Bwin Liga
(16ª Jornada)


Glorioso Benfica Vs
Leixões – 0;0

FOI UMA VALENTE E VERGONHOSA ROUBALHEIRA!!!

A 12 de Janeiro, na Catedral da Luz, o Glorioso Benfica empatou com o Leixões e ficou já a onze pontos do líder da classificação / O Glorioso atravessa uma enorme crise exibicional e de resultados e neste momento é melhor começar a pensar numa preparação cuidada da próxima época / A contratação do jovem lateral esquerdo Romeno Laszlo Sepsi foi necessária por causa da venda de Miguelito ao Braga, mas pode muito bem ser uma antecipação da possível saída de Léo, cujo processo de renovação de contrato está complicado / Em relação ao jogo propriamente dito o Glorioso até fez um primeiro tempo bastante razoável, que só não terminou em vantagem porque os “Bois Pretos” anularam um golo limpo a Nuno Gomes e deixaram dois penaltys por marcar, mas os segundos quarenta e cinco minutos foram de autêntico pesadelo / O Leixões aguentou o nulo até ao intervalo com alguma ajuda, mas na segunda parte foi de longe a melhor equipa em campo / Efectivamente a equipa de Matosinhos conseguiu criar quatro grandes oportunidades de golo, quase todas por intermédio de perigosos cabeceamentos do central Nuno Diogo e do ponta de lança Roberto, tendo mesmo atirado duas bolas aos postes da baliza de Quim / Mesmo sem jogar nada o Glorioso acabou por também ter algum azar porque o guarda redes Beto defendeu de forma quase impossível um grande tiro de Petit, ao minuto quarenta e sete, um remate perigosíssimo de Léo, aos cinquenta e três minutos, e um pontapé à queima roupa de Petit, quatro minutos depois dos noventa, quando a Catedral já festejava o golo / Num jogo com uma boa arbitragem eu diria que o Leixões até era capaz de merecer a vitória mas assim não / No Glorioso apenas consigo destacar os razoáveis jogos do guarda redes Quim, do lateral esquerdo Léo, dos médios Petit e Rui Costa, do extremo direito Maxi Pereira, embora tenha decaído de produção quando foi para lateral, e dos avançados Nuno Gomes e Cardozo / O central Luisão pareceu afectado pelos acontecimentos de Setúbal, só fez asneiras e para pôr a cereja no topo do bolo ainda levou o quinto amarelo, que o tira do jogo da próxima jornada em Guimarães / No Leixões a figura maior foi, sem margem para dúvida, o guarda redes Beto, mas o central Nuno Diogo, o lateral esquerdo Ezequias, os médios Bruno China, Hugo Morais e Nwoko, os alas Jorge Gonçalves e Diogo Valente e o ponta de lança Roberto também estiveram em plano de destaque!!!

Paulo “Boi Preto” Costa e o seu “Boi Preto” assistente Nuno “ Boi Preto” Manso não estiveram nada bem e prejudicaram gravemente o Glorioso / A registar: Cardozo isola Nuno Gomes e este faz o golo mas o “Boi Preto” assistente assinala um fora de jogo (16 min) / Quando recebe o passe de Cardozo Nuno Gomes está em posição perfeitamente regular por isso o golo foi mal anulado / Cardozo recebe uma bola de costas na área e quando tenta rodar para rematar de pé esquerdo é derrubado por Nuno Diogo (17 min) / O jogador do Leixões está com os dois braços à volta do corpo do jogador do Glorioso e não percebo como é que o “Boi Preto” nada viu / Ficou por assinalar uma grande penalidade a favor do Glorioso / Léo avança pela esquerda em direcção à área adversária, é agarrado por Filipe Oliveira e cai já dentro da área (44 min) / O “Boi Preto” assinalou penalty, mas mas voltou atrás por indicação do seu “Boi Preto” assistente / Dizem os entendidos na matéria que as faltas devem marcadas onde acabam e não onde começam e o agarrão do jogador do Leixões terminou dentro da área / Ficou por assinalar mais uma grande penalidade a favor do Glorioso / Eu não vou dizer que o Glorioso empatou por causa dos “Bois Pretos”, mas a verdade é que eles contribuíram decisivamente para o desfecho final da partida!!!

VIVA O BENFICA!!!

Porco Vs
Braga – 4;0

A 12 de Janeiro, na Pocilga do Porcão, o Porco regressou ao seu melhor nível e goleou com enorme classe a formação do Braga / A ausência forçada de Frechaut, por problemas intestinais, ou seja cagaço, obrigou o treinador Manuel Machado a lançar para o terreno de jogo uma ala esquerda composta pelos defesas Carlos Fernandes e o estreante Miguelito / E foi exactamente por aí que as coisas se começaram a decidir: Logo aos cinco minutos Porquinho Bosingwa aproveitou a pouca rodagem competitiva do ex-glorioso Miguelito, roubou-lhe a bola e depois ofereceu o golo a Porquinho Lisandro / O Braga abanou e o Porco aproveitou para matar o jogo: Pouco depois do quarto de hora Porquinho Lucho, sempre aproveitando a confusão táctica do flanco esquerdo Bracarense, cruzou para um golo de cabeça de Porquinho Raul Meireles / Daí em diante a formação Porquista foi competente, como gosta de dizer o seu técnico Porquinho Jesualdo Ferreira, e controlou sempre o seu adversário / A entrada em campo de César Peixoto fez bem aos Bracarenses, que estiveram perto de marcar à beira do intervalo num cabeceamento muito perigoso do central Paulo Jorge / Na entrada do segundo tempo o Braga teve mais uma grande oportunidade, mas depois de dar um enorme nó a Porquinho Bruno Alves o ponta de lança Linz atirou ao lado da baliza de Porquinho Helton / E este foi o canto do cisne da equipa do Braga / O Porco voltou ao aumentar o ritmo e nos últimos dez minutos da partida chegou à goleada com mais um golo de Porquinho Lisandro e outro do seu compatriota Argentino Porquinho Farías, que levou ao delírio os adeptos Porquistas presente no Porcão / Na formação Porquista todos os jogadores levam nota muito positiva, mas o lateral direito Porquinho Bosingwa, a trinca de médios composta por Porquinho Paulo Assunção, Porquinho Raul Meireles e Porquinho Lucho e os pontas de lança Argentinos Porquinho Lisandro e Porquinho Farías merecem referência especial / O lateral direito João Pereira, o trinco Roberto Brum, o esquerdino César Peixoto e o ponta de lança Linz acabaram por ser os menos maus da formação Bracarense!!!

Golos: 1-0: Miguelito brinca na presença de Porquinho Bosingwa, perde a bola, o veloz lateral avança alguns metros, cruza para a área e ao primeiro poste Porquinho Lisandro (5 min) aparece oportuno a desviar por entre as pernas de Paulo Santos / 2-0: Porquinho Lucho domina o esférico no flanco direito, faz um compasso de espera e depois cruza para um excelente golo de cabeça de Porquinho Raul Meireles (18 min) / 3-0: Acabado de entrar Porquinho Farías domina bem uma bola na área levanta para Porquinho Lisandro (83 min), que enche o pé e fuzila as redes de Paulo Santos / 4-0: Vandinho perde a bola em zona intermediária para Porquinho Lucho, o Argentino entrega de pronto para o seu compatriota Porquinho Farías (92 min) e este, na zona da meia lua, atira uma bomba para o fundo da baliza Bracarense!!!

Pedro “Boi Preto” Proença esteve muito bem, assim como os seus “Bois Pretos” assistentes, não havendo nada de relevante a apontar em relação ao seu trabalho!!!

Académica Vs
Clube da Churrasqueira do Campo Grande – 1;1

A 13 de Janeiro, no Estádio Cidade de Coimbra, o Clube da Churrasqueira do Campo Grande empatou com a Briosa Académica e não conseguiu aproveitar a perda de pontos do Glorioso para se aproximar do segundo lugar / O jogo de Coimbra foi razoavelmente bem jogado e muito intenso nos primeiros e nos últimos minutos / Os Churrasqueiros entraram muito bem e nos primeiros lances do encontro estiveram muito perto do golo / A Briosa respondeu bem ao assédio inicial dos Churrasqueiros e também levou algum perigo à área adversária / Numa primeira parte sem muitas ocasiões de perigo o maior atractivo foi o duelo Pedro Roma Vs Churrasqueiro Liedson, que desta vez foi ganho pelo guardião da Académica: À meia hora Churrasqueiro Liedson entrou na área da Briosa pelo lado direito, dá dois nós em Kaká e remata para uma defesa muito apertada do guardião da Briosa; A quatro minutos do intervalo o avançado Brasileiro rematou de cabeça, após um canto apontado por Churrasqueiro Ronny e quando a bola parecia que ia entrar na baliza Pedro Roma faz mais uma grande defesa / Na segunda parte a qualidade de jogo decaiu bastante, mas ainda assim a formação Churrasqueira foi progressivamente assumindo o controlo das operações / Ao minuto oitenta e um os Churrasqueiros chegaram com justiça à vantagem, na sequência de um livre lateral de Churrasqueiro João Moutinho e um cabeceamento de Churrasqueiro Tonel e na altura tudo parecia decidido / No entanto, a Briosa reagiu de imediato, atirou-se com tudo para o ataque, começou a criar ocasiões de golo e sem motivo aparente os jogadores Churrasqueiros começaram a tremer violentamente / O remate à barra de Tiero, aos oitenta e sete minutos, e o à vontade com que Joeano apareceu na área a rematar para a defesa de Churrasqueiro Rui Patrício, ao minuto noventa e dois, foram os avisos para o golo que estava a chegar / Aos quatro minutos de descontos Pavlovic fez de cabeça o tento do empate e deixou o treinador Churrasqueiro Paulo Bento completamente furioso / Os Churrasqueiros foram melhores que o seu adversário durante oitenta e cinco minutos mas esqueceram-se que os jogos têm noventa mais descontos / A Briosa Académica teve o grande mérito de acreditar que podia conquistar pontos num jogo que parecia praticamente perdido / Os melhores elementos da formação Churrasqueira foram o lateral direito Churrasqueiro Abel, o central Churrasqueiro Tonel, os médios Churrasqueiro João Moutinho e Churrasqueiro Vukcevic e, apesar de ter ficado em branco, o avançado Churrasqueiro Liedson / Na Briosa Académica brilharam o guarda redes Pedro Roma, o médio Pavlovic, o extremo direito Lito e os suplentes Paulo Costa, Joeano e Ivanildo!!!

Golos: 0-1: Churrasqueiro João Moutinho cobra um livre na direita, na área Churrasqueiro Tonel (81 min) salta sozinho e cabeceia colocado fora do alcance do guarda redes Pedro Roma / 1-1: Ivanildo cobra um canto na esquerda, a bola é cortada mas volta-lhe aos pés, o jovem extremo cruza de novo para o interior da área, Kaká penteia ao primeiro poste, Pavlovic (94 min) antecipa-se ao estático Churrasqueiro Miguel Veloso e toca de cabeça para o fundo das redes de Churrasqueiro Rui Patrício!!!

Paulo “Boi Preto” Baptista e a sua equipa fizeram um excelente trabalho, apenas com um pequeno reparo / A registar: Paulo Sérgio cai à entrada da área Churrasqueira em luta com dois adversários, fica a dúvida se há penalty, mas nada é assinalado (3 min) / A falta existiu mesmo e devia ter sido marcada, mas foi cometida fora da grande área!!!

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

9 de Janeiro de 2008

Carlsberg Cup
(1ª Jornada Fase Grupos)

Vitória de Setúbal Vs
Clube da Churrasqueira do Campo Grande – 1;0

A 9 de Janeiro, no Estádio do Bonfim, o Clube da Churrasqueira do Campo Grande foi claramente derrotado pelo Vitória de Setúbal, no arranque da fase de grupos da Taça da Liga / O encontro entre os dois principais candidatos a vencer esta competição foi de sentido único, com os Sadinos a dominarem do princípio ao fim e a serem superiores em todos os capítulos de jogo / No Clube da Churrasqueira o treinador Churrasqueiro Paulo Bento tentou rodar o plantel, deu a titularidade a Churrasqueiro Stojkovic, Churrasqueiro Pereirinha e Churrasqueiro Had e colocou Churrasqueiro Izmailov a jogar no lugar de nº10, mas de certeza que não estava à espera de ver a sua equipa jogar tão mal / Na realidade os Churrasqueiros estiveram amorfos, desinspirados e realizaram uma exibição digna de uma equipa de meio da tabela da Liga Vitalis / O Vitória de Setúbal, por seu turno, começou a ganhar o jogo ainda antes de ele começar com as opções do treinador Carlos Carvalhal / Ao colocar Pitbull como um falso ponta de lança o técnico Setubalense confundiu toda a manobra defensiva Churrasqueira e principalmente os centrais Churrasqueiro Tonel e Churrasqueiro Polga, que na maior parte do tempo não tiveram ninguém para marcar / Apesar do seu intenso domínio o Vitória só conseguiu marcar aos trinta e um minutos, quando Pitbull cruzou da direita para o golo de cabeça de Filipe Gonçalves / Os Churrasqueiros foram quase inofensivos em termos atacantes e sua melhor oportunidade surgiu apenas ao minuto noventa e dois, num forte e muito perigoso remate de Churrasqueiro Vukcevic / Na formação Churrasqueira a única actuação verdadeiramente positiva pertenceu ao guarda redes Churrasqueiro Stojkovic, que salvou a sua equipa de uma derrota humilhante com uma mão cheia de grandes defesas / Apenas pela entrega, e não pela qualidade exibicional, merecem também referência os médios Churrasqueiro João Moutinho e Churrasqueiro Vukcevic e o avançado Churrasqueiro Liedson / Do lado do Vitória o destaque maior vai para o “maestro” Pitbull, mas o central Robson, os médios Sandro, Ricardo Chaves e Elias e os atacantes Filipe Gonçalves e Matheus também levam nota muito elevada!!!

Golos: 1-0: Pitbull cruza largo da direita, no coração da área Filipe Gonçalves (31 min) antecipa-se a Churrasqueiro Tonel e ao primeiro poste desvia de cabeça para o fundo das redes de Churrasqueiro Stojkovic!!!

Pedro “Boi Preto” Henriques fez um bom trabalho, sem qualquer influência no resultado / A registar: Churrasqueiro Vukcevic entra na área Sadina, Janício vai disputar a bola, o jogador Churrasqueiro sente um contacto, deixa-se cair no chão e fica a pedir penalty (55 min) / O jogador Janício ganhou o lance no corpo a corpo, porque é mais forte fisicamente que o seu adversário, e não fez qualquer falta / Junto à sua área Janício trava a progressão de Churrasqueiro Vukcevic (90 min) / O Montenegrino foi travado de forma irregular e por isso ficou por assinalar um livre perigoso a favor dos Churrasqueiros!!!

No outro encontro da ronda o Beira Mar e o Penafiel empataram a um golo, no muito mal tratado relvado do Estádio Municipal de Aveiro!!!

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

4 a 7 de Janeiro de 2008

Bwin Liga
(15ª Jornada)

Vitória de Setúbal Vs
Glorioso Benfica – 1;1

O EMPATE FOI MUITO MAU, MAS O CASO
LUISÃO / KATSOURANIS FOI VERGONHOSO!!!

A 5 de Janeiro, no Estádio do Bonfim, o Glorioso Benfica empatou com o Vitória de Setúbal e com o título praticamente entregue resta-lhe lutar pelo segundo lugar, que na próxima época ainda dá acesso directo à fase de grupos da Liga dos Campeões / O Glorioso até nem jogou mal, mas as ausências de Léo, Binya e Nuno Gomes, a prematura saída por lesão de Christian Rodriguez e o tiro no pé dado a meias por Luisão e Katsouranis enfraqueceram demasiado a equipa / O surpreendente Vitória de Setúbal continua invicto no seu terreno e chegou ao fim da primeira volta do campeonato perdendo apenas na Pocilga do Porcão / O primeiro tempo do encontro foi muito agradável e com bastante ritmo, com ambas as formações a praticarem um futebol totalmente virado para o ataque / Nos segundos quarenta e cinco minutos a qualidade de jogo desceu, mas curiosamente existiram muito mais oportunidades de golo / Sem conseguir marcar o Glorioso foi-se enervando e a cerca de vinte minutos do fim esse nervosismo atingiu o auge: Katsouranis perdeu uma bola no meio campo, Luisão, na altura com a braçadeira de capitão, fez uma falta, protestou exageradamente com médio Grego, que vem disparado para tentar tirar de esforço do central Brasileiro / E os dois jogadores só não chegaram a vias de facto porque David Luiz e Petit não o permitiram / Depois deste triste episódio o treinador Camacho tirou, e muito bem, ambos os atletas, fazendo entrar Edcarlos e Mantorras / Na sua estreia no campeonato o Angolano abriu o activo poucos instantes depois e apesar do incidente acontecido momentos antes tudo parecia estar a correr bem para o Glorioso / No entanto a enorme quebra física de Petit, que o enorme Rui Costa ainda foi disfarçando, permitiram aos Sadinos tomarem conta da partida / O Glorioso recuou demasiado no terreno e acabou por sofrer justamente o golo do empate, da autoria do ponta de lança Edinho, a dois minutos dos noventa / No último fôlego o Glorioso criou duas oportunidades de golo, mas Mantorras e Maxi Pereira não conseguiram desfazer a igualdade / Na equipa do Glorioso só o guarda redes Quim, embora eu pense que no lance do golo do Setúbal devia ter saído da baliza, o central David Luiz, os médio ala Maxi Pereira e Di Maria e os avançados Cardozo e Mantorras merecem referência positiva / Obviamente o central Luisão e o médio Katsouranis levam nota muito negativa / No Vitória de Setúbal o grande destaque vai para o ponta de lança Edinho, que saiu do banco à meia hora de jogo para lançar o pânico na defensiva do Glorioso / Na formação Sadina brilharam também o guarda redes Eduardo, os centrais Robson e Auri, os médios Sandro Elias e Ricardo Chaves e o avançado Pitbull!!!

Golos: 0-1: Maxi Pereira centra da direita, Cardozo não consegue o domínio, a bola sobra para Mantorras (72 min), que no limite remata de pé direito para o fundo das redes de Eduardo / 1-1: Pitbull avança sem marcação pela direita, cruza para a pequena área e ao segundo poste Edinho (88 min) bate o guarda redes Quim com um violento cabeceamento!!!

Paulo “Boi Preto” Paraty fez um trabalho de boa qualidade e sem erros muito graves / A registar: Na sequência de um livre lateral Matheus, em posição irregular, toca de cabeça para a finalização de Paulinho (4 min) / O golo foi bem anulado por fora de jogo do jogador Matheus / Luisão tem uma entrada muito dura por trás sobre Edinho (37 min) / Ficou por mostrar um amarelo ao jogador do Glorioso / Luisão tem mais um entrada perigosa sobre Edinho, protesta com Katsouranis e depois toda a gente sabe o que se passou (65 min) / Pela falta o jogador Luisão viu bem o amarelo, que por acaso até devia ter sido o segundo / Pela reacção de alguma violência e pelos gestos obscenos o jogador Katsouranis devia ter visto pelo menos um cartão amarelo!!!

VIVA O BENFICA!!!

Clube das Camisolas Engraçadas Vs
Clube da Churrasqueira do Campo Grande – 2;0

A 5 de Janeiro, no Estádio do Bessa, o Clube da Churrasqueira do Campo Grande foi derrotado pelo Clube das Camisolas Engraçadas e perdeu quase por completo as poucas hipóteses que ainda tinha de lutar pelo primeiro lugar do campeonato / Os Churrasqueiros dominaram quase toda a partida e num período de mais confiança teriam certamente conquistado os três pontos / Os Camisolas Engraçadas conseguiram marcar nos dois únicos remates que fizeram à baliza adversária e devem o triunfo à monumental exibição do seu guarda redes / A formação Churrasqueira teve sempre mais posse de bola que o seu adversário, mas no primeiro tempo não foi capaz de criar grandes situações de perigo / Os Camisolas Engraçadas, por seu turno, fecharam-se bem na defesa e depois tentaram criar perigo em ataques rápidos / A cinco minutos do intervalo, culminando um período de algum domínio da sua equipa, o central goleador Marcelão inaugurou o marcador e pôs em delírio os poucos adeptos Quadradinhos que estavam nas bancadas / Os Churrasqueiros ainda tentaram restabelecer o empate antes do descanso, mas não foram capazes de o fazer / Na segunda parte os Churrasqueiros entraram muito melhor, começaram a conseguir entrar na defensiva dos Camisolas Engraçadas e parecia que o golo ia surgir a qualquer instante / Com cerca de dez minutos da etapa complementar surgiu aquele que se pode considerar o momento do jogo: Churrasqueiro João Moutinho isolou Churrasqueiro Liedson, mas na cara de Peter Jehle o Brasileiro atirou ao lado / As ocasiões flagrantes de golo Churrasqueiro continuaram a acontecera um ritmo quase alucinante e o guardião Jehle começou a brilhar a grande altura / Numa estratégia já habitual o treinador Churrasqueiro Paulo Bento arriscou tudo e passou a jogar com apenas três defesas / Aos oitenta minutos Marcelão salvou em cima da linha um cabeceamento de Churrasqueiro João Moutinho e logo a seguir o Angolano Zé Kalanga correu em velocidade pelo flanco direito e assistiu Jorge Ribeiro para este acabar com as aspirações Churrasqueiras / As notas positivas da equipa Churrasqueira vão para as boas actuações do lateral direito Churrasqueiro Abel, do central Churrasqueiro Tonel, dos médios Churasqueiro João Moutinho e Churrasqueiro Izmailov e do jovem avançado Luis Páez, que em vinte minutos fez mais do que o titular Churrasqueiro Purovic em setenta / O avançado Churrasqueiro Liedson não atravessa um bom momento e foi figura pela negativa pelos golos que desperdiçou / Nos Camisolas Engraçadas o guarda redes Peter Jehle foi sem dúvida o homem do jogo, mas o central Marcelão também foi absolutamente decisivo / Na formação do Bessa destaco ainda as performances do central Ricardo Silva, e dos médios Diakité, Fleurival e Jorge Ribeiro!!!

Golos: 1-0: Jorge Ribeiro cobra um canto na direita, ao segundo poste Ricardo Silva toca de cabeça para a entrada da pequena área, Marcelão (40 min) aparece sozinho e marca à saída de Churrasqueiro Rui Patrício / 2-0: Zé Kalanga conduz um ataque rápido pela direita, perto da área toca para a zona central para Jorge Ribeiro (83 min) e o médio remata forte e colocado para o canto superior direito da baliza Churrasqueira!!!

Bruno “Boi Preto” Paixão merece nota positiva e do seu trabalho apenas fica uma dúvida / A registar: Na sequência de um lance que termina com um corte com a mão de Bruno Pinheiro o “Boi Preto” interrompe o jogo e marca uma falta (46 min) / Efectivamente ninguém percebeu bem que falta é que foi assinalada, mas se foi a mão do jogador Bruno Pinheiro faltou o “Boi Preto” mostrar-lhe o segundo amarelo e correspondente vermelho!!!

Porco Vs
Naval 1º de Maio – 1;0

A 6 de Janeiro, na Pocilga do Porcão, o Porco bateu a Naval 1º de Maio e terminou a primeira volta na liderança confortável da Bwin Liga / A equipa Porquista fez de longe a pior exibição da época, mas ainda assim cumpriu o objectivo de voltar a ganhar pontos aos seus dois rivais de Lisboa / A Naval 1º de Maio esteve bem melhor do que seria de esperar e acabou por ser traída por uma enorme falha do seu guardião / Tal como aconteceu na época passada o Porco parece relaxar demasiado quando tem um grande avanço sobre os seus principais adversários e os jogos com o Nacional, na Madeira, e agora com a Naval são bem exemplo dessa situação / Obviamente o Porco foi sempre a equipa com mais posse de bola, mas ao contrário do que tem acontecido em quase toda a época isso não foi sinónimo de muitas oportunidades de golo / Na realidade os Porquistas entraram a jogar com muita lentidão, erraram imensos passes e a Naval foi conseguindo manter a bola longe da sua baliza / A formação Porquista demorou meia hora a criar uma ocasião verdadeiramente perigosa, com Porquinho Lisandro a cabecear ao lado após um cruzamento de Porquinho Ricardo Quaresma, e quando saiu para os balneários foi brindada com uma monumental assobiadela / No segundo tempo as coisas não se alteraram substancialmente, até que aos sessenta minutos um erro enorme do guarda redes Taborda, magnificamente aproveitado por Porquinho Lisandro, permitiu a Porquinho Raul Meireles fazer o único golo do encontro / Mesmo em vantagem os Porquistas nunca foram capazes de controlar a formação da Naval e o resultado ficou em aberto / Nos minutos finais um cabeceamento de Diego e dois remates de Mário Sérgio, um dos quais à barra, deixaram as bancadas do Porcão à beira de um ataque de nervos / No final o público do Porcão manifestou o seu desagrado com a actuação da sua equipa e no flash interview o treinador Porquinho Jesualdo Ferreira foi muito duro com os seus jogadores / Pelo que fez durante os noventa minutos eu acho que a Naval merecia ter saído do Porco com um empate / O guarda redes Porquinho Helton, os médios Porquinho Paulo Assunção e Porquinho Raul Meireles e o inevitável avançado Porquinho Lisandro foram os melhores da desinspirada formação Porquista / Na Naval evidenciaram-se o lateral direito Mário Sérgio e o central Paulão, embora o central Diego, os médios Delfim e Gilmar e o atacante Saulo também não tenham estado mal / O guarda redes Taborda até começou bem, mas depois da dupla falha no lance do golo foi acumulando erros uns atrás dos outros!!!

Golos: 1-0: Taborda repõe mal a bola em jogo, Porquinho Paulo Assunção fica com ela no meio campo, lança a corrida de Porquinho Lisandro, o guarda redes da Naval exita e não agarra o esférico, o Argentino toca para o lado para Porquinho Assunção, que depois faz o passe para Porquinho Raul Meireles (58 min) atirar para a baliza deserta!!!

Paulo “Boi Preto” Pereira teve uma noite tranquila, mas no aspecto disciplinar foi demasiado permissivo / A registar: Porquinho Bruno Alves carrega João Ribeiro de forma algo imprudente (2 min) / Os cartões são para mostrar em qualquer altura do jogo e por isso faltou um cartão amarelo ao central Porquista / Gilmar carrega por trás com violência Porquinho Lucho (31 min) / Ficou por mostrar um amarelo ao jogador da Naval / Sem possibilidade de jogar a bola Porquinho Pedro Emanuel trava a progressão de Saulo projectando o seu corpo sobre o seu adversário (39 min) / Ficou por mostrar um cartão amarelo ao jogador do Porco / A terminar o primeiro tempo Taborda agarra uma bola no limite, entra com o corpo na baliza e os Porquistas pedem golo (47 min) / O corpo do guarda redes da Naval está dentro da baliza mas o esférico não ultrapassou a linha de golo / Aqui esteve bem o “Boi Preto” principal e o seu “Boi Preto” assistente!!!

Rugby

A Agronomia foi a grande vencedora da 32ª edição da Taça Ibérica, que ao fim de 36 anos recuperou o seu figurino de torneio quadrangular / Depois de na semana passada a Agronomia ter recebido e batido na Tapada o vice-campeão CRC Madrid por 27-18 e de o Direito ter ido a Espanha vencer o campeão Espanhol El Salvador, por 15-3, ficou-se a saber que o troféu ficaria em Portugal / No dia 5, na Tapada, e num campo muito pesado devido à muita chuva a Agronomia foi sempre superior a um desfalcado Direito, ganhou por 26-13 e conquistou com toda a justiça a sua primeira Taça Ibérica / O defesa Australiano Joe Gardner, com 11 pontos, foi mais uma vez a figura maior dos Agrónomos / Após o título de Campeão Nacional conquistado na época passada e de ter iniciado a época a vencer a Supertaça a Agronomia continua a papar taças e a consolidar-se como a maior força do rugby nacional!!!

domingo, 16 de dezembro de 2007

14 a 16 de Dezembro de 2007








Bwin Liga

domingo, 9 de dezembro de 2007

7 a 9 de Dezembro de 2007






Taça de Portugal

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

4 a 6 de Dezembro de 2007

Liga dos Campeões
(6ª Jornada Fase Grupos)

Shakhtar Donetsk Vs
Glorioso Benfica – 1;2

SLB!!! SLB!!! SLB,SLB, SLB!!!
GLORIOSO SLB!!! GLORIOSO SLB!!!

A 4 de Dezembro, no Olympiyskiy Stadium, em Donetsk, o Glorioso Benfica derrotou os Ucranianos do Shakhtar Donetsk, terminou no terceiro lugar do seu grupo da Liga dos Campeões e alcançou a repescagem para os dezasseis avos de final da Taça UEFA / Tal como aconteceu na época passada o Glorioso acabou a primeira fase da Champions com sete pontos, ficando uma vez mais a sensação de que podia ter feito muito melhor / Na Ucrânia o Glorioso teve a eficácia que lhe faltou nas outras cinco jornadas da Champions e isso fez toda a diferença / Com efeito, Glorioso convidou o Shakhtar a assumir a iniciativa para depois lhe dar a provar do próprio veneno usado pelos Ucranianos quando jogaram, e ganharam, na Catedral da Luz / Logo aos seis minutos, com as equipas ainda em fase estudo, o ponta de lança Cardozo aproveitou da melhor forma um erro primário de um defesa do Shakhtar e abriu o activo / À passagem da primeira vintena de minutos o inspirado Cardozo marcou de novo, respondendo com um belo cabeceamento a um cruzamento da direita de Maxi Pereira / Nesta altura o Glorioso tinha o jogo perfeitamente controlado, mas à meia hora o central David Luiz perdeu a cabeça e fez um estúpido penalty sobre o Italiano Lucarelli, que o mesmo se encarregou de converter / O golo deu um grande alento ao Shakhtar e até ao intervalo a formação da Ucrânia conseguiu entrar várias vezes com perigo na área adversária / Na segunda parte o Glorioso quase só defendeu, para segurar a preciosa vantagem, mas o Shakhtar criou muito menos perigo que no primeiro tempo / Efectivamente os Ucranianos perderam o discernimento nos segundos quarentas e cinco minutos, limitando-se, quase em exclusivo, a bombear com pouco perigo bolas para a área do Glorioso / O Paraguaio Óscar “Tacuara” Cardozo foi obviamente a grande figura do Glorioso e o melhor em campo / Na equipa do Glorioso merecem também destaque as boas actuações do guarda redes Quim, do central Luisão, e dos médios Petit, Katsouranis, Maxi Pereira e Rui Costa / Os melhores elementos do Shakhtar foram o lateral direito Rat, os médios Ilsinho, Fernandinho, Jadson e o suplente William e os avançados Brandão e Lucarelli!!!

Golos: 0-1: Do meio da rua Lewandowski tenta atrasar a bola para a sua área, Cardozo (6 min) intercepta o passe, entra na área, finta o guarda redes Pyatov e faz o golo / 0-2: Nélson conduz um ataque pelo lado direito, coloca o esférico em Maxi Pereira, este cruza para o interior da área e Cardozo (22 min) cabeceia com espectáculo para o fundo da baliza / 1-2: Lucarelli (30 min) marca na conversão de uma grande penalidade!!!

O Grego Kyros “Boi Preto” Vassaras fez um bom trabalho / A registar: Na sequência de uma bola enviada por alto para a área do Glorioso David Luiz agarra Lucarelli e não lhe permite disputar o lance (29 min) / Foi bem assinalada a grande penalidade a favor do Shakhtar Donetsk / No resto apenas merecem reparo os “Bois Pretos” assistentes na aplicação da lei do fora de jogo, porque invalidaram indevidamente duas jogadas de ataque do Glorioso!!!

VIVA O BENFICA!!!

Taça UEFA
(4ª Jornada Fase Grupos)

Aris de Salónica Vs
Braga – 1;1

A 6 de Outubro, no Estádio Kleanthis Vikelidis, em Salónica, o Braga empatou com os Gregos do Aris de Salónica e agora tem tudo para conseguir passar à fase de grupos da Taça UEFA / Ao terceiro jogo os Bracarenses averbaram o terceiro empate e agora tem o encontro em casa com os actualmente acessíveis Sérvios do Estrela Vermelha para confirmarem a qualificação / O Braga começou em grande e avançado Linz inaugurou o marcador logo nos minutos iniciais / O golo dos Portugueses enervou a formação Grega, que durante alguns minutos não foi capaz de esboçar qualquer tipo de reacção / À medida que o tempo foi passando o Aris foi tomando conta do encontro e começou a incomodar o guarda redes Paulo Santos / A meio do primeiro tempo o central Brasileiro ex-Glorioso Ronaldo apareceu com muito espaço na área do Braga e com uma cabeçada certeira restabeleceu o empate / O Braga abanou e pode-se dizer que só não chegou a perder ao intervalo devido à falta de pontaria dos atacantes do Aris / Nos momentos iniciais do segundo tempo o Braga tentou reduzir o ritmo de jogo, mas não conseguiu ser muito bem sucedido / A formação Grega continuou a criar muito perigo e o Sérvio Ivić desperdiçou mesmo um golo quase feito / Vendo a sua equipa ser encostada às cordas o treinador Manuel Machado trocou o estafado César Peixoto pelo experiente João Pinto e a partir daí o Aris só conseguiu criar perigo em remates de meia distância / A vinte minutos do final, no último lance perigoso do encontro, Wender esteve a poucos centímetros de dar a vitória à sua equipa / Na formação do Braga merecem nota alta o guarda redes Paulo Santos, os laterais João Pereira e Carlos Fernandes, o central Rodriguez, o trinco Roberto Brum e os atacantes Jorginho, Wender, Linz e suplente João Pinto / Do lado do Aris evidenciaram-se o lateral direito Neto, o central Ronaldo, os médios Nebegleras e Ronald Garcia e os avançados Javito e Siston!!!

Golos: 0-1: César Peixoto cobra um canto na direita, o guarda redes Chalkias falha o alívio e Linz (6 min) aproveita a sobra para fazer o golo / 1-1: Canto na direita do ataque do Aris, a bola vai até ao outro lado, Papadopoulos dribla César Peixoto e cruza para o golo de cabeça de Ronaldo (26 min)!!!

O Polaco Robert “Boi Preto” Malek esteve quase perfeito e não se mostrou nada intimidado com o fanático ambiente do Estádio do Aris / Apitou pouco, deixou jogar e com essa postura beneficiou imenso o espectáculo!!!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

30 de Novembro a 3 de Dezembro de 2007

Bwin Liga
(12ª Jornada)

Glorioso Benfica Vs
Porco – 0;1

FOI UM RESULTADO MUITO MAU
E LEVÁMOS UM GRANDE BAILE!!!

A 1 de Dezembro, na Catedral da Luz, o Glorioso Benfica foi derrotado pelo Porco e viu os Porquistas fugirem na classificação para uma vantagem de sete pontos / Quando tinha tudo a seu favor para se aproximar do líder da classificação o Glorioso falhou rotundamente e foi completamente dominado por um Porco de altíssimo nível, que se aproxima a passos largos da conquista do tricampeonato / O encontro até começou com uma grande oportunidade de golo para o Glorioso, quando Nuno Gomes apareceu a rematar já dentro da pequena área contra o corpo de Porquinho Pedro Emanuel, mas a partir daí foi o Porco a mandar na partida / Na meia hora seguinte os Porquistas deram uma enorme demonstração de força colectiva e de classe e foram-se acercando cada vez com mais perigo da baliza de Quim / Porquinho Ricardo Quaresma começou a ter muito espaço na direita e na área Porquinho Lisandro punha a cabeça em água aos centrais do Glorioso / E foi depois de uma oportunidade escandalosa falhada pelo ponta de lança Argentino que surgiu o único golo do encontro: Porquinho Quaresma avançou mais uma vez solto pela direita, entrou na área e com uma das suas monumentais trivelas bateu o guarda redes Quim / Entre estes dois momentos o Glorioso ainda criou perigo em dois pontapés de canto, mas Luisão e Rodriguez não conseguiram desfeitear o guarda redes Porquista / A segunda parte, tal como o primeiro tempo, viu novamente Nuno Gomes aparecer na cara do golo nos segundos iniciais, mas desta vez foi Porquinho Helton a estragar-lhe a festa com uma grande defesa / Para suster a previsível pressão do seu adversário a formação Porquista recuou estrategicamente no terreno e em pouco tempo já estava outra vez na mó de cima / Nos dez minutos finais o Glorioso conseguiu finalmente algum ascendente e o empate esteve quase a surgir / Primeiro o recém entrado Adu obrigou Porquinho Helton a fazer a defesa da noite e depois Petit rematou por duas vezes a rasar os postes da baliza do Porco / O Porco deu espectáculo durante os primeiros quarenta e cinco minutos, controlou as operações na etapa complementar e por isso venceu com toda a justiça / O Glorioso levou aquilo que se costuma apelidar de “baile de bola” / No Glorioso apenas merecem referência as razoáveis actuações do guarda redes Quim, do lateral esquerdo Léo, dos médios Petit e Rui Costa e dos avançados Nuno Gomes e Freddy Adu / Na fabulosa equipa Porquista os grandes destaques vão para os magníficos Porquinho Ricardo Quaresma e Porquinho Lisandro, embora o guarda redes Porquinho Helton, os laterais Porquinho Bosingwa e Porquinho Fucile, o central Porquinho Pedro Emanuel e os médios Porquinho Paulo Assunção. Porquinho Raul Meireles e Porquinho Lucho também tenham realizado exibições fantásticas!!!

Golos: 0-1: Porquinho Quaresma (42 min) avança pelo flanco direito, entra na área, troca os olhos a David Luiz e com um remate de trivela indefensável faz a bola entrar junto ao poste direito da baliza do guarda redes Quim!!!

Jorge “Boi Preto” Sousa fez um trabalho quase imaculado e decidiu bem nos dois lances que geraram mais protestos / A registar: Porquinho Lisandro entra na área do Glorioso em disputa de bola com David Luiz e estatela-se no relvado (13 min) / Porquinho Lisandro tropeça no próprio pé, provocando a sua queda e a de David Luiz, por isso esteve bem o “Boi Preto” ao não assinalar penalty / Porquinho Fucile e Di Maria embrulham-se na área Porquista e o Argentino fica no chão a pedir penalty (76 min) / Di Maria tentou arrancar uma grande penalidade que não existiu e pela simulação viu correctamente o cartão amarelo!!!

VIVA O BENFICA!!!


Clube da Churrasqueira do Campo Grande Vs
União de Leiria – 1;1

A 2 de Dezembro, no Estádio Alvalade XXI, o Clube da Churrasqueira do Campo Grande não conseguiu melhor do que empatar com o lanterna vermelha União de Leiria e cada vez está mais longe do principal objectivo que definiu para esta época / Sem ganharem desde a nona ronda da Bwin Liga os Churrasqueiros estão já a doze pontos do primeiro classificado Porco e não têm revelado qualquer capacidade para inverter esta situação / Contra a União de Leiria a formação Churrasqueira ofereceu aos seus adeptos uma fraquíssima exibição, revelando tremendas dificuldades na construção do seu jogo ofensivo / Mesmo assim os instantes iniciais da partida pareciam indicar exactamente o contrário, uma vez que os Churrasqueiros conseguiam chegar com facilidade e muito perigo à área do Leiria / À medida que o tempo foi passando os Leirienses foram corrigindo as marcações e em simultâneo a produção de jogo Churrasqueira foi perdendo qualidade / Com o sistema nervoso alterado e com os nucleares Churrasqueiro Miguel Veloso e Churrasqueiro Romagnoli em sub-rendimento as perspectivas para o segundo tempo não eram as melhores / Apesar da pouca inspiração colectiva os Churrasqueiros chegaram à vantagem minutos depois do intervalo, por intermédio de Churrasqueiro Izmailov, e a resistência Leiriense parecia estar terminada / No entanto os jogadores Churrasqueiros continuaram demasiado intranquilos e essa intranquilidade atingiu o auge à passagem do minuto setenta, quando Churrasqueiro Polga desperdiçou uma grande penalidade / A cerca de dez minutos do fim, com Churrasqueiro João Moutinho e Churrasqueiro Vukcevic fora do terreno de jogo, o jovem guardião Churrasqueiro Rui Patrício deu um enorme frango, permitindo ao ex-ChurrasqueiroToñito fazer a igualdade, e deixou em agudo sofrimento os adeptos do Clube da Churrasqueira / O lateral direito Churrasqueiro Abel, os centrais Churrasqueiro Tonel e Churrasqueiro Polga, apesar de muito penalizado pela grande penalidade desperdiçada, e os médio Churrasqueiro Izmailov, sobretudo pelo golo que apontou, e em especial João Moutinho foram as notas mais positivas da equipa Churrasqueira / O guarda redes Churrasqueiro Rui Patrício acabou por ser obviamente figura pela negativa / Na União de Leiria destacou-se acima de todos os seus companheiros o guarda redes Fernando, mas os médios Tiago e Alhandra, o avançado Sogou e os suplentes Cadu, João Paulo e Toñito merecem também referência especial!!!

Golos: 1-0: Em esforço Churrasqueiro João Moutinho consegue entrar na área adversária, a defensiva do Leiria faz um desarme atabalhoado e a bola sobra para Churrasqueiro Izmailov (53 min) marcar na cara de Fernando / 1-1: Na direita Laranjeiro cobra um livre para a zona da pequena área, Churrasqueiro Rui Patrício exita entre agarrar e socar o esférico e acaba por o deixar passar para Toñito (82 min) fazer um golo simples!!!

Rui “Boi Preto” Costa manchou um bom trabalho com um erro com possível influência no resultado / A registar: Dentro da área Churrasqueira o defesa Churrasqueiro Had agarra e derruba o avançado Paulo César (17 min) / Ficou por assinalar uma clara grande penalidade a favor da União de Leiria / Após um cruzamento para a área do Leiria Churrasqueiro Purovic empurra um adversário antes de cabecear para golo (47 min) / Apesar de existirem muitos elementos dentro da área da União de Leiria o “Boi Preto” conseguiu descortinar a falta do avançado Churrasqueiro e anulou bem o lance!!!

Kaká Bola de Ouro da France Foot


A 2 de Dezembro o Brasileiro Kaká foi eleito, sem surpresa, pela prestigiada revista Francesa France Football como o melhor jogador a actuar na Europa no ano de 2007 / Na 52ª edição da Bola de Ouro o jogador do Milão, vencedor e melhor marcador da passada edição da Champions, somou 444 pontos, contra 277 do Português “Miserável” Cristiano Ronaldo, grande vedeta dos Ingleses “Miseráveis” de Manchester, e 255 do Argentino Lionel Messi, que actua no Grande Barcelona!!!

Rugby

Depois da participação no Mundial França 2007 a nossa Selecção Nacional de Rugby regressou à competição no sábado dia 1 de Dezembro, defrontando novamente a Roménia, mas desta vez para o Torneio Europeu das Nações / No campo principal do Estádio Nacional, perante uma espectacular moldura humana de cerca de dez mil espectadores, os Lobos Portugueses não conseguiram resistir ao maior poderio físico dos Romenos e saíram derrotados por 23-8 / Este encontro ficou ainda marcado pelo adeus à Selecção do histórico médio de formação Luís Pissarra, que teve a honra de envergar a braçadeira de capitão de equipa na sua 75ª e última internacionalização / Também a 1 de Dezembro, no Estádio de Twickenham, em Londres, a Campeã Mundial África do Sul revelou um enorme cansaço e acabou por perder por 22-5 com uma fabulosa formação dos Barbarians, recheada de vedetas da Austrália, Nova Zelândia e Inglaterra, onde brilhou acima de todos os outro o médio de abertura Australiano Matt Giteau / Na variante de rugby de sete disputou-se nos dias 30 de Novembro e 1 de Dezembro o Dubai Sevens, primeiro torneio do Circuito Mundial / Na final da Cup a Nova Zelândia bateu as Ilhas Fiji por 31-21 / Em relação às outras Taças, a Argentina venceu a Plate, Austrália arrecadou a Bowl e o Zimbabué conquistou a Shield!!!

Estados Unidos vencem Davis Cup

Entre 30 de Novembro e 2 de Dezembro, jogou-se no Memorial Coliseum, em Portland, a final da edição 2007 da Davis Cup, que colocou em confronto as selecções dos Estados Unidos e da Rússia / Apoiados pelo seu público os Norte Americanos Andy Roddick, James Blake e os manos Bob e Mike Bryan bateram por 4-1 os Russos Dmitri Tursunov, Mikhail Youzhny, Igor Andreev e Nikolay Davydenko / Os Estados Unidos ganharam esta competição pela 31ª primeira vez, liderando o ranking de vencedores com mais três triunfos que a Austrália!!!

Voleibol - Taça do Mundo Masculina

Entre 18 de Novembro e 2 de Dezembro decorreu no Japão a edição 2007 da Taça do Mundo de Voleibol Masculino, prova que tal como o certame feminino acontece de quatro em quatro anos naquele país Asiático, onde participam a selecção anfitriã, os cinco campeões continentais, os quatro melhores vice-campeões continentais e mais duas equipas convidadas, que se disputa num sistema de todos contra todos e que apura desde logo os três primeiros classificados para a edição seguinte dos jogos Olímpicos / Apesar de ter começado com um desaire o Brasil fez valer o estatuto de grande favorito e ficou em primeiro lugar, contando dez vitórias e uma derrota / Rússia e a Bulgária ficaram respectivamente nas segunda e terceira posições, ambas com nove vitórias e duas derrotas!!!

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

27 a 29 de Novembro de 2007

Liga dos Campeões
(5ª Jornada Fase Grupos)

“Miseráveis” de Manchester Vs
Clube da Churrasqueira do Campo Grande – 2;1

A 27 de Novembro, em Old Trafford, em Manchester, o Clube da Churrasqueira do Campo Grande foi derrotado pelos Ingleses do “Miseráveis” de Manchester, disse adeus à Liga dos Campeões, mas alcançou desde logo a repescagem para a Taça UEFA / Aliás o grupo ficou decidido desde muito cedo, porque os Italianos da Roma entraram com a corda toda no terreno dos Ucranianos do Dínamo de Kiev e garantiram de imediato a sua qualificação para a fase eliminatória da Champions / O treinador Churrasqueiro Paulo Bento pediu à sua equipa para rectificar a imagem de pouco acerto deixada nos últimos jogos e os seus jogadores fizeram-lhe a vontade / Apesar do ambiente intimidatório do Teatro dos Sonhos os Churrasqueiros começaram muito concentrados e com grande confiança / A formação Churrasqueira ganhou a batalha inicial do meio campo e a partir daí começou a levar perigo à área adversária / À passagem dos vinte minutos um tiro de Churrasqueiro Abel do flanco direito surpreendeu o guarda redes Polaco “Miserável” Kuszczak e calou por completo o público da casa / Poucos instantes depois Churrasqueiro Liedson marcou numa recarga a um remate de Churrasqueiro Polga, mas foi assinalado um fora de jogo ao avançado Brasileiro e o golo não contou / Durante todo o primeiro tempo os “Miseráveis” de Manchester não estiveram nada bem e só conseguiram chegar à área Churrasqueira em duas ou três arrancadas de “Miserável” Cristiano Ronaldo e “Miserável” Nani / A seguir ao intervalo o técnico Sir “Miserável” Alex Ferguson lançou para o relvado os perigosíssimos “Miserável” Ryan Giggs e “Miserável” Carlos Tevez / Os “Miseráveis” de Manchester aumentaram o ritmo de jogo e começaram a criar grandes dificuldades aos Churrasqueiros / A meia hora do fim, num lance às três tabelas, o Argentino “Miserável” Tevez restabeleceu a igualdade / No último quarto de hora os Ingleses lançaram uma enorme avalanche de futebol ofensivo sobre os Churrasqueiros, mas o golo do triunfo surgiu já em período de descontos, quando um fantástico livre de “Miserável” Cristiano Ronaldo bateu pela segunda vez o jovem guardião Churrasqueiro Rui Patrício / Pela excelente primeira parte eu acho que os Churrasqueiros mereciam ter saído de Manchester pelo menos com um empate / O guarda redes Churrasqueiro Rui Patrício, o lateral direito Churrasqueiro Abel, o central Churrasqueiro Polga, os médios Churrasqueiro Miguel Veloso, Churrasqueiro João Moutinho, talvez o melhor em campo, e Churrasqueiro Izmailov e o avançado Churrasqueiro Liedson foram os melhores da formação Churrasqueira / Pelos “Miseráveis” de Manchester estiveram em evidência os centrais “Miserável” Ferdinand e “Miserável” Vidic, o lateral esquerdo “Miserável” Evra, o genial médio “Miserável” Anderson e os atacantes “Miserável Giggs, “Miserável” Tevez e “Miserável” Ronaldo, que tal como tinha feito em Alvalade voltou a derrotar o seu clube do coração!!!

Golos: 0-1: Churrasqueiro Abel (21 min) acelera pelo flanco direito, arranca um forte cruzamento-remate rasteiro e a bola entra como uma bala junto ao poste esquerdo das redes de “Miserável” Kuszczak / 1-1: Jogada de insistência do ataque dos “Miseráveis” de Manchester, descaído para a esquerda “Miserável” Ronaldo remata de pé direito, o esférico cruza toda a área, tabela em Churrasqueiro Had e “Miserável” Tevez (61 min) e entra na baliza / 2-1: “Miserável” Ronaldo ( 92 min) cobra com violência um livre directo frontal, ligeiramente descaído para o lado esquerdo, a bola sai cruzada, com uma trajectória ilusória, e não dá hipóteses de defesa a Churrasqueiro Rui Patrício / Foi um golão de um jogador fabuloso!!!

O Dinamarquês Claus “Boi Preto” Bo Larsen não teve uma noite complicada, mas teve uma decisão bastante polémica com provável influência no resultado / A registar: Churrasqueiro Polga faz um remate na zona da meia lua e na área Churrasqueiro Liedson desvia a bola para a baliza de “Miserável” Kuszczak (26 min) / O fora de jogo assinalado a Churrasqueiro Liedson, que invalidou o lance, é muito duvidoso / Já “amarelado” Churrasqueiro Had corta com a mão uma jogada de ataque adversária (59 min) / O “Boi Preto” poupou o segundo amarelo ao lateral esquerdo Eslovaco!!!

Glorioso Benfica Vs
Milão – 1;1

MERECEM UM GLORIOSO SLB PELA BOA EXIBIÇÃO!!!

A 28 de Novembro, na Catedral da Luz, o Glorioso Benfica empatou com os Italianos do Milão e ficou fora da presente edição da Liga dos Campeões / Para continuar nas competições Europeias o Glorioso tem agora de ir à Ucrânia bater o Shakhtar Donetsk / O embate entre o Glorioso e os Milaneses teve dois períodos bem distintos / Durante os primeiros vinte minutos os Rossoneri dominaram em toda a linha, criaram três ou quatro ocasiões de muito perigo e à passagem do primeiro quarto de hora conseguiram abrir activo / O golo do Milão deixou no ar uma clara sensação de déjà vu: Andrea Pirlo rematou do meio da rua, desta vez de bola corrida, e Quim voltou a ficar mal na fotografia / No entanto a vantagem Milanesa durou muito pouco tempo, porque cinco minutos depois do golo de Pirlo o Uruguaio Maxi Pereira tirou da cartola um lance genial e restabeleceu a igualdade / A partir desse momento o Glorioso atirou-se com tudo para cima do seu adversário e as oportunidades começaram a aparecer / Até ao descanso, Cristian Rodriguez, com um cabeceamento ao lado, e Maxi Pereira, que após um passe de morte de Nuno Gomes falhou um golo fácil, poderiam ter operado a reviravolta no marcador, mas não tiveram arte nem engenho para o fazer / No segundo tempo o Glorioso pressionou ainda mais o Milão, que se acantonou na sua defensiva, aceitando tacitamente o empate como um resultado positivo / Depois de quarenta e cinco minutos relativamente fracos Rui Costa apareceu em grande a rematar à baliza do Milão, mas o seu ex-colega Dida esteve sempre muito seguro / O momento mais empolgante de toda a segunda parte surgiu a meia hora do fim da partida: Petit atirou uma bomba do meio da rua, Dida defendeu para a frente, Nuno Gomes fez a recarga vitoriosa, a Catedral entrou em delírio, mas o golo foi invalidado, e bem, por fora de jogo do avançado do Glorioso / Nos últimos instantes do encontro, com o Glorioso a arriscar tudo no ataque o Milão esteve à beira de alcançar o triunfo, mas o Brasileiro Kaká falhou de forma quase escandalosa duas ocasiões flagrantes de golo / Durante os noventa minutos o Glorioso fez mais para vencer que o Milão, mas ainda assim parece-me que o empate final se ajusta ao que se passou no terreno de jogo / Na equipa do Glorioso, em que até o lateral direito Luís Filipe esteve bem, merecem nota muito alta o central David Luiz, o lateral esquerdo Léo, os médios Petit e Katsouranis, o maestro Rui Costa, os extremos Maxi Pereira e Christian Rodriguez e o avançado Nuno Gomes / Do lado do Milão destaco as boas actuações do guarda redes Dida, do lateral direito Bonera, do central Nesta, dos médios Gattuso e especialmente Pirlo e dos atacantes Kaká e Gilardino!!!

Golos: 0-1: A trinta metros da baliza Pirlo (15 min) remata forte e colocado para o lado esquerdo de Quim, que se lança muito tarde à bola e não evita o golo / 1-1: Maxi Pereira (20 min) avança em velocidade pela direita, junto à linha da área flecte para o centro, deixando para trás Gattuso e Kaladze e depois remata em arco de pé esquerdo para o ângulo contrário da baliza de Dida / Foi um golaço do melhor jogador em campo!!!

O Alemão Herbert “Boi Preto” Fandel conduziu o encontro com imensa segurança, tendo acertado em quase todas as suas decisões técnicas e disciplinares / A registar: Foi bem invalidado um golo a Nuno Gomes (62 min) / Quando Petit faz o remate à baliza de Dida o jogador Nuno Gomes está claramente em fora de jogo!!!

VIVA O BENFICA!!!

Grande Liverpool Vs
Porco – 4;1

A 28 de Novembro, em Anfield Road, em Liverpool, o Porco foi goleado pelos Ingleses do Grande Liverpool, mas manteve intactas as suas hipóteses de se apurar mais uma vez para os oitavos de final da Champions / Quando na última jornada da fase de grupos receberem os Turcos do Besiktas os Porquistas precisam apenas de um empate para confirmarem a mais do que esperada qualificação e com um triunfo garantem o primeiro lugar do grupo / O treinador Porquinho Jesualdo Ferreira surpreendeu ao colocar no onze inicial o desastrado Porquinho Stepanov, o regular Porquinho Cech e os muito pouco utilizados Porquinho Kazmierczak e Porquinho Mariano / Aproveitando a pouca rodagem na Liga dos Campeões de alguns jogadores do seu adversário o Grande Liverpool tomou desde cedo conta dos acontecimentos e as oportunidades de perigo começaram a aparecer / O ascendente da formação Inglesa deu frutos à passagem dos vinte minutos, quando o Espanhol Torres marcou de cabeça após um canto de Gerrard / À beira do colapso os Porquistas acabaram por conseguir chegar ao empate pouco depois da meia hora de jogo, na primeira vez em que chegaram à área do Grande Liverpool, através de um belo cabeceamento de Porquinho Lisandro / O golo do Porco equilibrou as coisas e três minutos depois de empatar a partida Porquinho Lisandro esteve a centímetros de bisar / A finalizar o primeiro tempo um fortíssimo livre directo de Gerrard quase recolocava o Grande Liverpool na frente do marcador / Os segundos quarenta e cinco minutos foram bastante mais desequilibrados do que a primeira parte e com o passar do tempo o domínio do Grande Liverpool foi-se acentuando / Porquinho Jesualdo Ferreira ainda lançou Porquinho Raul Meireles para tirar dividendos da sua boa meia distância, mas nas duas vezes em que tentou visar a baliza de Reina o jovem médio mostrou que estava com a mira desafinada / A doze minutos do fim o furacão Fernando Torres varreu a área Porquista e colocou a sua equipa em vantagem / Nos últimos instantes Gerrard, de grande penalidade, e Crouch, de cabeça, consumaram um triunfo que não sofre qualquer contestação, embora, a meu ver, os números finais tenham sido um pouca exagerados / Porquinho Lisandro e Fernando Torres realizaram ambos excelentes exibições e foram sem dúvida as figuras maiores das respectivas equipas / Na equipa Porquista merecem também nota positiva o lateral direito Porquinho Bosingwa e o patrão do meio campo Porquinho Lucho / Pela negativa estiveram em evidência o central Porquinho Stepanov, que foi uma autêntica nódoa e Porquinho Kazmierczak, apesar de ter melhorado um bocado depois de fazer a assistência para o golo do empate / Pelo Grande Liverpool também brilharam o fabuloso médio Steven Gerrard e os suplentes Harry Kewell, Peter Crouch e Dirk Kuyt!!!

Golos: 1-0: Canto de Gerrard na direita, Torres (19 min) salta entre Porquinho Lucho e Porquinho Sepanov e cabeceia para o fundo das redes de Porquinho Helton / 1-1: Porquinho Kazmierczak cruza da esquerda e no coração da área Porquinho Lisandro (33 min) ilude a marcação de Aberloa e cabeceia em arco fora do alcance de Reina / 2-1: Grande lance individual de Kewell no flanco esquerdo, perto da área o Australiano toca para Torres (78 min), “El Niño” domina a bola no meio de Porquinho Bosingwa e Porquinho Stepanov e depois arranca em velocidade para fazer o golo à saída de Porquinho Helton / 3-1: Gerrard (83 min) marca na conversão de uma grande penalidade / 4-1: Gerrard cobra mais um canto na direita para um fulminante cabeceamento de Crouch (87 min)!!!

O Italiano Roberto “Boi Preto” Rosetti fez um excelente trabalho, apesar da contestação Porquista / A registar: Bola bombeada para a área do Porco, Porquinho Stepanov salta com Hyppia e corta a bola com o braço (82 min) / O defesa Porquista reclamou ter sido agarrado pelo jogador Finlandês, o que não parece ter acontecido / Foi bem assinalada a grande penalidade a favor do Grande Liverpool, mas faltou o segundo amarelo a Porquinho Stepanov / No lance do último golo do encontro Porquinho Helton protestou uma falta feita sobre si na pequena área (87 min) / Na repetição vê-se que há um realmente um jogador do Grande Liverpool dentro da pequena área, mas está completamente parado / O contacto foi provocado pelo guarda redes do Porco, logo o “Boi Preto” esteve bem ao validar o golo de Crouch!!!

Taça UEFA
(3ª Jornada Fase Grupos)

Braga Vs
Bayern de Munique – 1;1

A 29 de Novembro, no Estádio Axa, o Braga impôs um empate aos poderosos Alemães do Bayern de Munique e agora tem os acessíveis jogos com os Gregos do Aris de Salónica e com os Sérvios do Estrela Vermelha para confirmar a qualificação para os dezasseis avos de final da prova / Os Bracarenses entraram muito ansiosos, revelando falta de reacção para as rápidas transições e mudanças de velocidade dos Alemães, quase sempre lideradas pelo rato atómico Ribéry / O perigo rondava, e de que maneira, a baliza do Braga, muito por culpa das falhas de marcação do seu meio campo, que foram corrigidas com o passar do tempo / Foi então possível ver um Braga mandão, seguro das suas acções e que até marcou um golo mal anulado / O intervalo chegou com um nulo no marcador e com Linz e Kahn envolvidos num sururu que pareceu enervar demasiado os Bracarenses / A segunda parte trouxe um Bayern dominador, que chegou rapidamente à vantagem com um golo de Klose, num erro enorme da defensiva do Braga / Para tentar mudar alguma coisa o treinador Manuel Machado fez saltar do banco João Pinto e Jaílson e com mais gente na frente o Braga teve uma reacção personalizada, que acabou por resultar no golo do empate, apontado por Linz / Pressentindo o perigo os experientes Bávaros retiraram velocidade ao jogo e passaram a atacar só pela certa / Perto do final Luca Toni, primeiro, e Ribéry, depois, estiveram muito perto de dar à sua equipa um triunfo que seria tremendamente injusto / As grandes figuras da formação do Braga foram sem dúvida os avançados Roland Linz e Wender, mas o guarda redes Paulo Santos, o lateral direito João Pereira, os centrais Paulo Jorge e Rodriguez e os criativos Jorginho e João Pinto também estiveram muito bem / No Bayern destacaram-se o guarda redes Oliver Kahn, o central Lúcio, os médios Mark Van Bommel e Zé Roberto, os alas Hamit Altintop e Franck Ribéry e os avançados Luca Toni e Miroslav Klose!!!

Golos: 0-1: Zé Roberto assiste Toni na esquerda da área do Braga, na linha de fundo o Italiano toca rasteiro para o segundo poste e Klose (47 min) marca sem dificuldade / 1-1: Linz (66 min) foge na área pela direita a Lúcio e Demichelis e com um remate rasteiro cruzado bate o guardião Kahn!!!

O Sueco Jonas “Boi Preto” Eriksson teve uma decisão muito discutível, com possível influência no resultado / A registar: Wender ganha a bola a Lell, lança Linz e este faz o golo (21 min) / Sem motivo aparente o “Boi Preto” assinalou uma falta a Wender e anulou o lance / No golo do Bayern a posição de Klose quando recebe o passe de Toni é perfeitamente legal, e por isso o “Boi Preto” esteve bem ao não atender aos protestos dos Bracarenses (47 min)!!!

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

23 a 26 de Novembro de 2007

Bwin Liga
(11ª Jornada)

Leixões Vs
Clube da Churrasqueira do Campo Grande - 1;1

A 24 de Novembro, no Estádio do Mar, o Clube da Churrasqueira do Campo Grande empatou com o Leixões e voltou a perder pontos para os seus mais directos concorrentes / Os Churrasqueiros apareceram com um desenho táctico bem diferente do habitual, com a surpresa Churrasqueiro Rui Patrício na baliza, com um meio campo de cinco unidades e com apenas um avançado / Nos primeiros instantes da partida a formação Churrasqueira não se encontrou e o Leixões aproveitou essa situação para começar a criar perigo / À passagem do primeiro quarto de hora a equipa de Matosinhos inaugurou o marcador, num lance de pura sorte, e deixou os Churrasqueiros numa situação bem complicada / Em desvantagem no marcador o treinador Churrasqueiro Paulo Bento não esperou muito para mexer na equipa, fez entrar um segundo avançado e o rumo do jogo começou a mudar / Ainda assim o Leixões conseguiu chegar na frente ao intervalo, embora não tenha feito um único remate à baliza adversária / A segunda parte foi totalmente dominada pela formação Churrasqueira, mas o tento do empate tardava em aparecer / O grande culpado por esta situação foi o guarda redes Beto, que negou o golo primeiro a Churrasqueiro Gladstone e depois a Churrasqueiro Izmailov com duas defesas absolutamente fabulosas / O técnico Carlos Brito ainda tentou ganhar de novo o controlo das operações utilizando as opções que tinha no banco, mas nada se alterou / Em cima do final os Churrasqueiros quebraram finalmente a resistência adversária, colocaram um pouco de justiça no resultado, mas já não foram a tempo de chegar ao triunfo / A meu ver a formação Churrasqueira não jogou nada mal, durante os noventa minutos foi bastante superior ao seu adversário e num período de maior confiança tinha somado os três pontos sem grande dificuldade / O lateral direito Churrasqueiro Abel, apesar do infeliz auto golo, o central Churrasqueiro Polga, os médios Churrasqueiro Miguel Veloso e sobretudo Churrasqueiro João Moutinho, e os avançados Churrasqueiro Liedson e Churrasqueiro Purovic, só porque marcou o golo que evitou a derrota da sua equipa, foram os destaques da formação Churrasqueira / Do lado do Leixões a grande figura foi o guarda redes Beto, mas os centrais Nuno Silva e Elvis, os trincos Jorge Duarte e Bruno China, e os atacantes Jorge Gonçalves Hugo Morais e Roberto também estiveram bastante bem!!!

Golos: 1-0: Jorge Gonçalves cruza rasteiro da direita, junto ao relvado Churrasqueiro Rui Patrício tenta afastar com os punhos, mas a bola ressalta em Roberto e em Churrasqueiro Abel (14 min, p.b.) e depois entra na baliza / 1-1: Churrasqueiro Abel avança pela direita, faz um compasso de espera e a seguir centra colocado para uma excelente cabeçada de Churrasqueiro Purovic (88 min)!!!

Paulo "Boi Preto" Paraty fez um bom trabalho, foi bem auxiliado pelos seus "Bois Pretos" assistentes e nada de muito relevante há a registar em relação ao seu trabalho!!!

Académica Vs
Glorioso Benfica - 1;3

SLB!!! SLB!!! SLB, SLB, SLB!!!
GLORIOSO SLB!!! GLORIOSO SLB!!!

A 24 de Novembro, no Estádio Cidade de Coimbra, o Glorioso Benfica bateu a Briosa Académica e alcançou o quinto triunfo consecutivo na Bwin Liga / O Glorioso não realizou uma grande exibição e, como disse no flash interview o treinador Camacho, acabou por vencer porque teve a chamada "estrelinha de campeão", na opinião dos Benfiquistas, ou "uma granda vaca", na opinião dos adeptos dos outros clubes / O embate entre o Glorioso Benfica e a Briosa Académica foi muito equilibrado do princípio ao fim e a balança podia ter pendido para qualquer um dos lados / Apesar disso as melhores oportunidades do encontro pertenceram ao Glorioso, já que a Briosa poucas vezes conseguiu incomodar verdadeiramente o guardião Quim / A partida começou com a lesão de Nuno Assis e a entrada de Cardozo, que foi obrigado a jogar devido à ausência forçada dos Uruguaios Pereira e Rodriguez / Mais ou menos a meio do primeiro tempo a Académica marcou, o Glorioso empatou cerca de dez minutos depois e em menos de nada o "Boi Preto" já tinha mandado toda a gente para os balneários / A segunda parte foi correndo na mesma toada até que a meia hora do fim aconteceu aquele que eu considero o momento do jogo / Depois de se ter lesionado no jogo com a Naval 1º de Maio, no dia 15 de Setembro, o médio Petit voltou à competição e a organização de equipa melhorou imediatamente, sobretudo o posicionamento do médio Binya / E foi precisamente através de um dos lançamentos longos do Camaronês, e de um toque em habilidade de Luisão, que o Glorioso conseguiu desfazer um empate que ameaçava durar até ao apito final / No último lance do encontro o Glorioso ainda chegou ao terceiro golo, que diga-se de passagem a Briosa não merecia sofrer / Na equipa do Glorioso destaco as actuações dos centrais David Luiz, com um regresso em grande estilo, e Luisão, sobretudo pelo golo decisivo que marcou, dos médio Binya e Petit, do maestro Rui Costa, dos extremos Di Maria, essencialmente no primeiro tempo, e Adu e dos pontas de lança Nuno Gomes e Cardozo / O lateral direito Luís Filipe leva outra vez nota negativa devido à incrível falha no lance do golo da Briosa e aos quatro alívios absurdos que criaram quatro lances de perigo para a baliza de Quim / Na Briosa merecem referência positiva os centrais Litos e Kaká, os médios Pavlovic e N'Doye e os atacantes Lito e Vouho / O guarda redes Ricardo apareceu a titular em vez de Pedro Roma, mas acabou por ter uma falha enorme no lance que decide o jogo!!!

Golos: 1-0: Após um livre N'Doye tenta o remate, a bola não chega à baliza, Luís Filipe falha o alívio e na sobra Lito (24 min) atira cruzado para o fundo das malhas de Quim / 1-1: Rui Costa (33 min) marca um golaço na superior cobrança de um livre directo frontal / 1-2: Binya coloca na área um dos seus famosos lançamentos de linha lateral, Ricardo sai em falso, a bola chega a Luisão (86 min), o central toca de calcanhar para a baliza e o guarda redes da Briosa não chega a tempo de emendar o seu erro / 1-3: Cardozo domina na direita, serve Adu (93 min) na zona da meia lua, o Norte Americano chuta forte para a esquerda de Ricardo, o guarda redes da Briosa ainda toca no esférico, mas uma vez mais não evita o golo!!!

Olegário "Boi Preto" Benquerença esteve globalmente bem, embora tenha começado o seu trabalho com um erro grave / A registar: Nuno Assis entra na área da Académica, enquadra-se com a baliza de Ricardo e quando vai rematar é pisado por Pavlovic (4 min) / Ficou por assinalar uma grande penalidade a favor do Glorioso / Ivanildo avança pela meia esquerda e perto da área é rasteirado por Luisão (23 min) / A falta que originou o primeiro golo do jogo existiu mesmo, apesar dos muitos protestos dos jogadores do Glorioso!!!

VIVA O BENFICA!!!

Porco Vs
Vitória de Setúbal - 2;0

A 25 de Novembro, na Pocilga do Porcão, o Porco derrotou o Vitória de Setúbal e regressou aos bons resultados e às boas exibições / Havia muita expectativa em relação ao encontro, porque o Glorioso tinha ganho na véspera em Coimbra, os Porquistas vinham de dois empates consecutivos e os Sadinos eram a única equipa que esta época ainda não tinha perdido em jogos oficiais / No entanto a formação Porquista mostrou desde muito cedo que não tinha sido afectada pelos recentes desaires e aos cinco minutos de jogo já estava em vantagem / Com um começo avassalador o Porco não deixou respirar a equipa do Vitória da Setúbal, que durante os primeiros quarenta e cinco minutos quase não conseguiu passar do meio campo / Após um primeiro tempo de muito boa qualidade os Porquistas ainda conseguiram elevar mais o nível de jogo na etapa complementar , mas só resolveram a questão já perto do final quando chegaram ao segundo golo / O Vitória praticamente só defendeu, nos dois ou três remates que fez à baliza de Porquinho Helton não criou qualquer perigo e, tal como foi reconhecido pelo técnico Carlos Carvalhal no fim do encontro, fez o pior jogo da temporada / Do lado Porquista o treinador Porquinho Jesualdo Ferreira apenas se pode queixar das imensas oportunidades de golo desperdiçadas pelos seus jogadores / Porquinho Lisandro e Porquinho Ricardo Quaresma estiveram em grande e foram sem dúvida os melhores em campo / Na formação do Porco evidenciaram-se também os centrais Porquinho Pedro Emanuel e Porquinho Bruno Alves e os médios Porquinho Paulo Assunção e Porquinho Lucho / Pelo Setúbal só o guarda redes Eduardo, o médio Sandro e o avançado suplente Edinho é que destoaram da mediocridade geral!!!

Golos: 1-0: Porquinho Paulo Assunção avança pelo centro do terreno até perto da área, toca para Porquinho Lucho, o Argentino isola o seu compatriota Porquinho Lisandro (6 min) e este marca de pé esquerdo à saída de Eduardo / 2-0: Junto à linha de área Porquinho Mariano faz um passe rasteiro para a direita para Porquinho Ricardo Quaresma (85 min) e o apelidado "Harry Potter Porquista" mata o jogo com um grande golo!!!

Carlos "Boi Preto" Xistra leva nota positiva, apesar do penalty que deixou passar em claro / A registar: Porquinho Lisandro entra na área, tenta ultrapassar o defesa Robson e a deslizar no terreno o jogador Setubalense derruba o jogador Porquista (71 min) / Ficou por assinalar uma grande penalidade a favor do Porco!!!

Sorteio Fase Europeia Mundial 2010

No domingo 25 de Novembro, na cidade Sul Africana de Durban, Portugal ficou a conhecer os seus adversários na fase de qualificação para o Mundial África do Sul 2010 e não nos podemos queixar da sorte / A nossa Selecção ficou no Grupo 1 com as selecções da Suécia, da Dinamarca, da Hungria, da Albânia e de Malta / Não tivemos nenhum "tubarão", não há viagens muito longas e penso que temos todas as condições para conseguir mais um apuramento para uma grande competição!!!

Campeonato Europeu Futsal 2007

Entre 16 e 25 de Novembro realizou-se nas cidades Portuguesas de Gondomar e Santo Tirso a 6ª edição do Campeonato Europeu de Futsal / Na final da competição a grande favorita Espanha venceu a Itália por 3-1, revalidou o título conquistado em 2005 na República Checa e conquistou o troféu pela 4ª vez / A selecção Portuguesa teve um comportamento meritório mas não conseguiu melhor do que o quarto lugar / Na primeira fase a nossa Selecção terminou na segunda posição do seu grupo, depois de empatar 0-0 com a Itália e de bater a República Checa por 5-3 e a Roménia por 3-0 / Nas meias finais Portugal defrontou a toda poderosa Espanha, a meio do segundo tempo estava a vencer por 2-0, com um golo de Gonçalo Alves e um monumental pontapé de bicicleta de Ricardinho, mas depois a Espanha arriscou tudo, tirou o guarda redes para atacar com cinco jogadores e acabou por empatar a partida 2-2 / Nas grandes penalidades o guarda redes Luís Amado foi melhor que o guardião Churrasqueiro João Benedito e parou o pontapé de Joel Queirós / No derradeiro penalty o Luso-Brasileiro Leitão acertou no poste e acabou com o sonho / Já com os níveis de concentração em baixo Portugal
acabou por perder a medalha de Bronze ao ser derrotado pela Rússia por 3-2!!!

Rugby

A 24 de Novembro, no Campo de Honra do Estádio Universitário de Lisboa, o CDUL conquistou a Taça Ibérica do escalão de sub-20 ao vencer a U.E.Santboiana por 22-16 / Os "Universitários" repetiram assim o triunfo de há duas épocas atrás, quando no mesmo local bateram o mesmo adversário / A nível Internacional aconteceu o único test-match de Novembro desta temporada / No Millennium Stadium, em Cardiff, o País de Gales convidou a Campeã Mundial África do Sul para a primeira edição da Prince William Cup e acabou por sair derrotado sem surpresa por claros 34-12!!!